Archive | A ciência explica RSS feed for this section

Pedra Filosofal, Alquimistas e Homem de Ferro

20 jun

 

O antigo estudo da alquimia preocupava-se com a produção da Pedra Filosofal, uma substancia lendária com poderes fantásticos. A pedra pode transformar qualquer metal em ouro puro. Produz também o Elixir da Vida, que torna quem o bebe imortal.

Falou-se muito da Pedra Filosofal durante séculos, mas a única Pedra que existe presentemente pertence ao Sr. Nicolau Flamel o famoso alquimista e amante da opera. O Sr. Flamel que comemorou o seu sexcentésimo sexagésimo quinto aniversário no ano passado, leva uma vida tranqüila em Devon, com sua mulher, Perenelle (seiscentos e cinqüenta e oito anos).

Harry Potter e a Pedra Filosofal

Não sei quando ou aonde conheci o termo “Pedra Filosofal” (uma daquelas coisas que seria legal saber, mas no momento chave, pouco importa registrar isso na memória), mas sempre tive um certo fascínio pelo tal item. Não que eu quando criança tivesse o desejo de sair transformando todo metal que visse em ouro ou beber algo e ser imortal. Eu gostava dos alquimistas.

Paulo Coelho?

Na idade média, a alquimia era algo meio misterioso, obscuro e estranho. Aliás, pode-se dizer que a alquimia era vista da mesma forma que pessoas que participam de concursos de cosplay, mas ao contrário desse certo pessoal, os alquimistas tinham mentes acima da média, se juntavam (não, eles não ficavam editando assinaturas em fóruns de alquimia) e tentavam responder algumas perguntas sobre a vida, o universo e tudo mais. E olha que nem curto Mochileiro das Galáxias…

Prefiro acreditar que eles puxavam pessoas inocentes em becos escuros e abriam essa pessoa para melhor estudar o corpo humano. Provavelmente faziam. Também prefiro acreditar que um alquimista estivesse andando por uma rua medieval e foi testemunha de um assassinato. Sei lá, uma pessoa pegou uma pedra no chão, jogou na cabeça de outra pessoa e colocou um pensamento interessante na cabeça do tal alquimista: “Se uma pedra pode matar, porque não poderia dar vida? Ah, isso seria patético. Algo realmente crível seria uma pedra aumentar a longevidade de uma vida e algo mais legal ainda seria uma pedra transformar qualquer metal em ouro.”

Isso se tornou uma obscessão para a alquimia. Nada mais no mundo importava. Criar a maldita pedra, que por algum motivo foi chamada de Filosofal, era questão de honra e como qualquer coisa que tenha sido por “questão de honra”, não deu certo. Ou talvez tenha dado certo, não sei. Talvez aquele velhinho que fica jogando dominó da praça perto da casa da sua tia seja alguém que passou por experimentos das tentativas de se fazer uma pedra filosofal. Poderia até citar as supostas vidas imortais de Nicolas Cage e Keanu Reeves, mas não sou babaca, então ignorarei essa “piadinha”.

Na minha opinião fecal, a ciência atual deveria voltar seu foco para a criação da Pedra Filosofal, depois, claro, de criar uma fonte de energia forte sulficiente para suportar a carga da armadura do Homem de Ferro. Ah, olha uma idéia a caminho. Se a Pedra Filosofal transforma metal em ouro e prolonga absurdamente a vida de uma pessoa, porque ela não poderia ser genéticamente modificada e estar própria para ser usada no lugar do Reator Ark do Homem de Ferro?

Como dito no começo do texto, você pode encontrar referências a Pedra Filosofal em vários lugares. Harry Potter, livros do Dan Brown, desenhos, jogos, filmes e até em funks, acredito.

Cafeína e sua periculosidade

15 abr

Era de se esperar que eu fizesse esse tópico. Vamos entender um pouco mais sobre essa doce desconhecida chamada Cafeína.

A cafeína é um composto químico de fórmula C8H10N4O2 — classificado como alcalóide do grupo das xantinas e designado quimicamente como 1,3,7-trimetilxantina. É encontrado em certas plantas e usado para o consumo em bebidas, na forma de infusão, como estimulante. A cafeína apresenta-se sob a forma de um pó branco ou pequenas agulhas, que derretem a 238 °C e sublimam a 178 °C, em condições normais de temperatura e pressão. É extremamente solúvel em água quente, não tem cheiro e apresenta sabor amargo.

Ao contrário do que muitos imaginam, a caféina não é encontrada apenas nas sementes de café. Além da abençoada semente,  a cafeína é encontrada no chá preto, chá mate, em bebidas a base de cola, guaraná e até no chocolate que você ganhou de páscoa.

Como é de conhecimento geral, a cafeína é um ótimo estimulante. Seja para ajudar você acordar ou evitar dormir. Ela age no seu sistema nervoso, por isso é tão eficaz e por isso é tão perigosa.

Sabe quando Tony Stark em “Homem de Ferro 2” percebe que a tecnologia que o está mantendo vivo também está o matando?

Certas vezes, o relacionamento “Pessoa X Cafeína” pode chegar em algo parecido. Claro que a cafeína dificilmente o ajudará a usar uma armadura e sair por aí combatendo vilões, mas ela pode se virar contra você.

A cafeína além estimular seu cérebro a acordar, pode (da mesma forma que o Soro do Super-Soldado usado no Capitão América) multiplicar o que há de mau em você. Não, não creio que você vá se tornar um assassino por uma alta dose de caféina no sangue. Quero dizer que se você não está em um bom dia, está nervoso, irritado, pensando em jogar seu chefe do 14º andar e tal, a cafeína pode aumentar essas sensações e você pode realmente jogar seu chefe do 14º andar.

Você também pode adquirir uma insônia graças a cafeína. Se isso acontecer, lhe recomendo a leitura da série O Mochileiro das Galáxias. Era ler duas páginas que eu começava a dormir como um bebê feliz.

Claro que assim como todas as coisas boas do mundo, a cafeína pode causar uma dependência. Isso não significa algo necessariamente ruim. Se você não enlouquecer e começar a tomar 8 xícaras por hora, está tudo bem. Mas caso você enlouqueça, comece a tomar 8 xícaras por hora, acabe percebendo que está errado e decida parar, você pode morrer. Sim, você quer o quê? Está consumindo uma substância que tem o poder de deixar seu sistema nervoso mais ligado que o Reator Ark das Industrias Stark.

Impressionante como estou inserindo citações de filmes de personagens da Marvel nesse post. Acho que é a proximidade de Os Vingadores.

Claro que apenas um idiota (ou eu de castigo quando tinha sete anos ou uma pessoa mantida em cativeiro, sei lá) deixaria de consumir uma substância altamente poderosa de uma unica vez. O ideal seria ir diminuindo a quantidade dela dia após dia.

Estou falando muito do lado negativo dela.

Esqueço de comentar o quanto é agradável a sensação de acordar cedo, saber que tem um dia inteiro de trabalho pela frente e dar um gole numa xícara quente de cafe. Esqueço de comentar o quanto é eficaz tomar uma xícara de café antes de estudar. Esqueço de comentar o quanto é formidável estar assistindo Friends e saboreando uma xícara de café. Ah.

Ah, se vire. Faça o que achar melhor, mas não jogue seu chefe do 14º andar. Eu continuarei bebendo meu café. e usando de uma bela frase popular “se num aguenta, bebe leite”.

 

Conheça Mike, o frango que viveu 18 meses sem cabeça

11 abr

Tenho um certo fascínio por coisas bizarras, mas essa me dá medo. Mentira, sou quase um espartano. Aprendi a não ter medo.

Nem quando vejo um FRANGO SEM CABEÇA CISCANDO por aí.

This is madness!

Enfim, piadinhas com os corajosos 300 espartanos (sempre lembrarei!) a parte, vamos falar do maldito frango.

~~

10 de setembro de 1945 – Fruita, Colorado (EUA)

Imagine que você é Lloyd Olsen, mora na fazenda e a mãe de sua esposa, Clara Olsen, os vem visitar. Imagino que a sogra do coitado Lloyd fosse uma FDP das maiores. Seria de se esperar que ele fosse fazer algo pra tentar agradar a maldita, não? Pois é, Lloyd sabia que a sua sogra gostava de chupar os ossos do pescoço do frango. Lá foi ele satisfazer a velha. Pegou uma boa lâmina, escolheu um frango que lhe pareceu ter um pescoço mais apetitoso e o colocou no toco de uma velha árvore.

Olhou para o pescoço do frango e pensou: “Quero ver aquela velha desgraçada reclamar desses ossinhos.” e desceu a lâmina.

Pescoço de uma lado, corpo do frango do outro.

Lloyd que já deveria estar recolhendo o pescoço e o levando para a mulher cozinhar, deve ter levado um pequeno susto ao ver o frango que acabou de perder o pescoço sair andando ~de boa na lagoa~.

Prefiro imaginar que a reação de Lloyd tenha sido assim:

Também prefiro acreditar que a sogra tenha se recusado a comer os ossinhos do pescoço de um frango que diabolicamente ainda continuava vivo, mas quem se importa com isso? Lloyd e Clara Olsen agoram eram donos de um frango sem cabeça que continuava ciscando.

Bom, com o frango estando vivo e sem cabeça, tiveram que arrumar uma forma de dar comido para ele. Pegaram um conta gotas e o alimentavam com água e grãos moídos.

O frango se tornou famoso por motivos óbvios e foi levado até cientistas para descubrir o motivo de sua sobrevivência.

Walter Bishop diria que o frango tinha sido tratado com Cortexiphan ainda quando era um pintinho e graças a isso, estava mentalmente ligado com sua versão em outro universo e continuaria vivo enquanto sua versão alternativa tivesse uma cabeça.

Gênio

 

Os cientistas de lá disseram que Lloyd na tentativa de dar uma bom pedaço de pescoço para a sogra, cortou tão perto da cabeça que a base do cérebro de Mike permaneceu intacta e a lâmina não chegou nem a cortar a jugular.

A base do cérebro parece ser mais do que capaz para manter um frango vivo. Não sei se poderia manter um humano vivo… Hum.

Lloyd e Clara, nem um pouco idiotas, rapidamente arrumaram uma forma de lucrar com isso. Começaram a rodar o país cobrando 25 cents por olhada no frango. Numa dessas viagens pelo país, Mike se engasgou com algum pedacinho de grão grande demais para o metabolismo de um frango sem cabeça e morreu.

O frango que passou 18 MESES SEM CABEÇA, morreu ENGASGADO. Que belo senso de humor.

O frango Mike, também conhecido como “Frango Maravilha” tem um dia no calendário de sua cidade e anualmente acontece uma “festa” em sua homenagem. Acho justo.

Tem um vídeo dele. É mais um cara contando a história. A voz do cara é meio sonífera, mas…

http://www.youtube.com/watch?feature=player_embedded&v=twttscqjO_0

Como grande fã de As Crônicas de Gelo e Fogo que sou, não posso não me perguntar.

O que aconteceria se Ned Stark, após ser decapitado, ainda conseguisse viver? Iria pegar uma espada e sair enfrentando Lannisters até chegar na Cersei?

Vou ali comer um fraguinho.