Dando choque em mendigos, explodindo carros e sendo influenciado

30 set

Jogar GTA San Andreas foi algo importante em minha criação. Antes de ser um jogo legal (não para uma criança, mas OK), era um mundinho onde eu poderia descarregar toda e qualquer faísca de ódio que eu em minha infância moleque poderia ter. Lembro que uma vez meu time no futebolzinho da escola não conseguiu jogar porque os míseros 30 minutos de intervalo acabaram (foi um dia triste para as menininhas bonitas que não puderam ver minhas habilidades futebolísticas) e quando cheguei em casa, liguei o videogame para explodir carros e pessoas de uma maneira que pudesse satisfazer meu ódio.

Era algo que funcionava.

Tenho uma certa criatividade que poderia muito bem ser usada para o mal, mas felizmente consigo limitar ela apenas ao incrível mundo virtual criado pela Rockstar.

Motivado pela má fase do Corinthians (a culpa não é apenas do Tite), pelo fim de Breaking Bad (gostei), pelo café diário que ficou fraco (acho que deveria ter colocado mais meia colher de pó) ou por um de meus Tratamentos de Silêncio (no momento, 12 estão em andamento) não estar funcionando como deveria, achei que seria legal explodir algumas coisas por Los Santos.

Eu já vinha planejando isso há alguns dias e sabia que se desse certo, seria massa. Roubei um carro que estava parado num estacionamento, dei uma olhada no mapa e fui em direção a um loja de armas. Lá, comprei o necessário: uma escopeta, um galão de gasolina, 25 unidades de C4, um lança foguetes e uma arma de choque (sempre muito útil). Saí da loja e já tracei uma rota em direção a uma rodovia que eu sabia ser muito movimentada. Precisava de mais uma coisa para o plano funcionar: um ônibus. Contei com a sorte e antes da metade do caminho já tinha abordado um ônibus, jogado o motorista no meio da rua e matado três passageiros.

GTA V é um jogo muito bem feito, a Rockstar caprichou em cada detalhe dele. Assim sendo, não é exatamente uma surpresa os pedestres agirem em desespero quanto percebem que alguém está colando bombas na lateral de um ônibus. Sabendo disso (sou experiente), levei o ônibus até debaixo de um viaduto onde moram uns mendigos e sem que ninguém visse (OK, talvez algum mendigo tenha visto e tenha sido acertado com a arma de choque por mim), colei 9 das C4 compradas na carroceria e mais 2 no teto do ônibus.

IMG_20130930_172926

Após ficar algum tempo apreciando a obra de arte da destruição que fiz, entrei no ônibus e dirigi até o destino final.

Como disse ali em cima, a rodovia é movimentada. Depois que cheguei nela e encontrei o local ideal, só precisei de alguns segundos até que uma fila de carros estivesse parada porque um maluco tinha travado todos as faixas com um ônibus. Dei uma distância que julguei segura, respirei fundo e acionei as bombas.

IMG_20130930_173634

Foi lindo. Aliás, tão lindo que fiquei admirando a explosão, esqueci de tirar a foto e quando me lembrei tinha helicóptero da polícia atirando em mim, então desculpe pelo V4C1L0.

~

Este blog e seu dono apreciam e incentivam a violência nos videogames. Desde que a pessoa tenha mais de 18 anos, não há porque questionar nada. E sim, jogos realmente influenciam as pessoas. Assim como o cinema, TV, livros, rádios e qualquer outra mídia que você conheça.