Monstro consumidor de séries

10 abr

Por idiotice ou genialidade, quando estou comendo uma comidinha feita com amor e abençoada pelos deuses com o dom da gostosura, inconscientemente ou não, vou deixando um pedaço que julgo ser o mais saboroso para o final. Sei que vai acabar, mas quero que acabe com estilo. Quero fechar os olhos, colocar a garfada final na boca e sentir a presença de anjas nuas dançando ao meu lado.

A garfada final de The Office está chegando e já quase consigo ver os peitos das anjas.

A cerca de um mês atrás, The Office não tinha muita importância para mim. Era apenas a série que muita gente dizia ser engraçada. Assisti o episódio piloto e em menos de 15 dias já tinha assistido 8 temporadas da série e chegado em sua temporada final.

Baixei 17 episódios já lançados da season finale e os assisti com calma e aproveitando cada segundo. São os episódios finais, afinal, não posso simplesmente assisti-los em RMVB ou de forma selvagem. Não, os episódios finais de uma boa série merecem ser tratados feito o pedaço final de lasanha: saboreando.

Desde meus 5 anos de idade que não tenho tanto tempo de sobra. No momento, minhas obrigações diárias consistem em tomar um banho, ir na academia e postar alguma coisa nesse blog. Na maioria dos dias, apenas tomo banho e gasto meu tempo com coisas menos produtivas do que escrever besteiras ou exercitar meus músculos.

dwight-schrutes-gym-for-muscles-features-the-most-effective-equipment-youve-ever-laid-your-ligaments-on-everything-from-giant-rocks-to-pails-of-sand

Com essa boa quantidade de tempo de sobra, assumo que perdi o controle e The Office ganhou muito espaço. Não é comum alguém assistir tantos episódios em tão pouco tempo. Mesmo que os episódios de The Office tenham, em sua maioria, uns 20 minutos, não é normal.

Tenho a sensação de que mesmo assistindo os episódios de uma forma alucinada, não aproveitei The Office como deveria. Friends, por exemplo, como eu estudava e trabalhava na época que comecei a assistir, só poderia me dar ao luxo de assistir uns 2 episódios por dia. Tudo bem que tanto Friends como The Office não são séries que você precise pensar e teorizar sobre a história que as cerca, mas é legal sentir falta da série ou de um ou outro personagem.

Pretendo assistir The Office mais uma vez (e logo), mas farei com calma. Intercalando um episódio de The Office com dois episódios de Friends, assistindo um de Arrow e outro de Vikings, tirando um cochilo, bebendo uma xícara de café e assistindo mais um pouco The Office.

É estranho pensar que em poucos dias consumi um material que levou 8 anos para ser produzido e que já estou acompanhando a série “ao vivo”. Talvez eu deva repensar minhas horas vagas.