Música de Quinta #14 – Dança da Vassoura – Molejo

25 jul

Mais uma semana se passa e aqui estou eu em minha luta contra as mensagens subliminares das músicas populares. Dessa vez, irei analisar a música que embalou minha infância. Uma infância marota, infância moleque, infância de pés descalços, uma infância de dois toques na bola…

Dança da Vassoura – Molejo

Diga aonde você vai
Que eu vou varrendo
Diga aonde você vai
Que eu vou varrendo
Vou varrendo, vou varrendo
Vou varrendo, vou varrendo
Vou varrendo, vou varrendo
Vou varrendo, vou varrendo

Primeiramente: qual a explicação para esse risada demoníaca no início da música? Bom, continuemos.

Sabe aquela história de que varrer o pé de uma pessoa faz com que ela não case? Estou pensando em algo relacionado a isso. Qual outra explicação eu poderia ter para uma pessoa (Tadeu) que quer que uma outra pessoa (Joana) diga aonde está indo para ir varrendo? Sinto que Tadeu quer impedir que Joana se case. Seria ele recalcado apaixonado por ela?

Oh menininha eu sou seu fã
Oh menininha eu sou seu fã
Danço contigo até de manhã
Danço contigo até de manhã

Opa. Menininha? Joana é apenas uma menininha? Caras, atualmente uma das minhas leituras é Lolita e essa história de se aproximar de menininhas não é algo legal. Desista, Tadeu. Ser fã, tudo bem, mas mais que isso, não aconselho. Nunca é uma boa ideia dançar com uma menininha até de manhã. Ela precisa dormir, é fraca,  tem que recuperar as energias e tal.

Na dança da bruxinha
Dança preta, dança loura
Na dança da bruxinha
Dança preta, dança loura
Agora todo mundo
Na dancinha da vassoura
Agora todo mundo
Na dancinha da vassoura

Seria uma tentiva de Tadeu chamar a atenção de Joana? Uma brincadeira envolvendo uma dança e tal. Acho que menininhas curtem isso. Sagaz, mas errado.

Ou Tadeu está usando de magia negra para se aproximar de Joana? Isso explicaria a risada maldita no início da música. Pacto com demônios por causa de uma menininha? Que fracassado que você é, Tadeu.

Varre prá esquerda
Varre prá direita
Levanta poeira
Que essa dança é porreta

Esquerda, direita, poeira, dança e porreta. Sem medo de errar, digo: um ritual. Coitada de Joana.

Piti pi piti pi piti pau!
Piti pi piti pi piti pau!
Mas tome cuidado
Com o cabo da vassoura
É pior do que cenoura
Você pode se dar mal.

“Piti pi piti pi piti pau”, claro, é um mantra. Repetido 19 vezes dentro um pentagrama desenhado com o sangue de um bucentauro fez com que o demônio das menininhas apareça. Como sei disso? Li em um tutorial.

“Cabo de vassoura”  parece ser uma menção a uma estaca. Para quem não sabe, estava é a melhor forma de se controlar um demônio. A segunda melhor forma é cenoura. Talvez Tadeu queira fazer o ritual, mas tenha medo que o tal demônio possa fazer com ele.

Não usem drogas, não invoquem demônios e não vão atrás de menininhas, por favor.